CARO LEITOR: PARA OUVIR OS VÍDEOS, DESLIGUE O PLAY-LIST NO RODAPÉ DA PÁGINA. NAVEGUE COM A. M. O. R.

sábado, 22 de maio de 2010

O AVATAR DO SÉCULO XXI

THE AVATAR OF CENTURY XXI

Bom dia! Até logo! Por favor! Com licença! Desculpe-me! Obrigada!

São expressões que infelizmente sumiram de nosso cotidiano. O que ganhamos em progresso científico e tecnológico perdemos em relacionamento interpessoal, em convivência pacífica e ética. Onde estão a gentileza, a solidariedade, o respeito, a honestidade, a gratidão, a humildade, a simplicidade, a lealdade, o amor desinteressado, a consciência ecológica... Por onde andam os valores do Sermão da Montanha?!
Tal qual uma nave sob uma zona de turbulência, o Planeta se debate entre sinistros naturais em série, total inversão dos valores éticos, violência desenfreada, delinqüência e mendicância, crescimento considerável do número e da complexidade de psicopatias em todas as faixas etárias; enfim, o caos: a desordem que antecede a reorganização.
Gigantes geleiras desprendem-se sob a ação da nossa inconsciência e elevam o nível de nossos oceanos. Tempestades torrenciais varrem nossas cidades levando milhares de vidas e esperanças. Vulcões emergem do fundo dos mares após dois séculos de inanição e inundam de fumaças tóxicas quase a totalidade de um continente. Filhos matam pais por drogas; pais atiram filhos pelas janelas. Sacerdotes, educadores e pais de família, aos montes, são declarados pedófilos, marcando psicologicamente milhares de crianças. Pessoas assaltam outras com armas nas ruas, ou com canetas nos gabinetes dos poderosos. Países abastados, que deveriam ser o esteio do mundo, vivem de fomentar a indústria da guerra, vendendo armas para países inimigos e depois os invadem para restituir a paz... que paz? Aquela que eles mesmos tiraram e que não fazem o menor esforço para renegociar? O significado da palavra AMOR tergiversaram para designar fornicação pura e simples, relacionamentos puramente físicos, paixões inferiores. Enquanto uma minoria nada contra a maré da degeneração, a grande maioria submerge no caos involutivo.
Diz a sabedoria Maia que 2012 será o marco do fim de uma raça degenerada para instalação de outra mais evoluída consciencialmente. Diz a cosmologia que em 2012 o Planeta Terra estará 100% dentro do cinturão de fótons da estrela Alcione, portanto, com um padrão vibratório bem mais elevado do que o atual. Diz a Bíblia que no “final dos tempos”, veríamos tudo que estamos vendo hoje: o Anticristo, a Besta do Apocalipse que não é uma pessoa, mas um sistema, uma linha de pensamento filosófico perverso, cujos únicos valores são o poder e o dinheiro.
Dinheiro e poder não são o mal em si. O mal está no uso que nosso arbítrio dá a essas duas forças, ou a qualquer outra. Vejam: o fogo que depura é o mesmo que destrói. Somos nós que damos direção à natureza das coisas. E a direção que estamos dando ao Planeta neste momento crucial é a direção da miséria, da destruição da natureza, do fomento às guerras, do materialismo desenfreado, do preconceito de todos os matizes, da absoluta desvalorização da vida, da desestruturação familiar, do fanatismo em detrimento da religiosidade, da negação do verdadeiro conhecimento. Levemos em conta que intelectualidade não é sinônimo de sabedoria.
Entre a minoria que caminha na contramão da história está MICHAEL JOE JACKSON, incontestável gênio da arte, somente sobrepujada pela sua robustez de alma. Jackson encarna todos os valores que o mundo já nem mais se lembra, já nem se recorda do significado e sequer consegue reconhecer. Assim, o gentil e solidário Jackson tornou-se o alvo predileto dos aproveitadores; o correto Jackson tornou-se o ser odiado pela mídia carniceira e corrupta, promotora e fomentadora da indústria do escândalo e do lixo midiático. O não-fornicário contumaz Jackson tornou-se o assexuado, o homossexual do século, esquisito, excêntrico e bizarro. O humanitário Jackson, capaz de colocar dentro de sua casa crianças que a Humanidade dita normal sequer gostaria de olhar, tornou-se um pedófilo perigoso, pela boca maldita da mídia sensacionalista e pela ação criminosa dos adultos aproveitadores da bondade alheia.
Injustiçado. Insultado. Humilhado. Algemado. Preso. Julgado.
Vencedor, mostra sua autoridade espiritual na manutenção, mesmo durante o terrível julgamento, da serenidade, da cordialidade, da confiança, do sorriso de luz (mesmo entre lágrimas) e da gratidão.
Pequenos corações sempre entenderam Michael porque não têm acentuada em si a malícia dos adultos. As crianças abrem-se para Michael porque reconhecem a linguagem dos anjos. Correm para ele, empatizam-se com ele, emocionam-se com ele, cantam e dançam suas músicas quando ainda mal conseguem falar e andar. Para se sentir espiritualmente protegido e fortalecido, ele se cercava delas. Para exercer sua missão, ele cuidava delas e as iniciava nos valores elevados da gentileza, da solidariedade, do respeito, da honestidade, da gratidão, da humildade, da simplicidade, da lealdade, do amor desinteressado, da consciência ecológica, tal qual fez com seus filhos legítimos, nos quais hoje o mundo conhece e reconhece o primor da educação que receberam.
ISSO É CURAR O MUNDO DE SUAS FERIDAS EXPOSTAS!









A LINGUAGEM DOS ANJOS


video